Projetos de JavaScript são uma aventura. Mas na maioria das vezes há padrões, os quais fazem com que, mesmo os projetos mais desalinhados funcionassem de forma gerenciável.

Abaixo, apresentaremos 5 coisas que você pode aprender com projetos de JavaScript e que podem te ajudar na sua evolução como programador.

Separe e conquiste

Consistência. Dividir seu projeto em arquivos de exportação tornará a busca e o gerenciamento dos projetos de JavaScript mais fácil e organizado. Isso ajudará você no futuro, quando a base de código crescer, portanto nomear cada arquivo o tornará intuitivo e não sobrecarregará nosso cérebro.

Gestão. Separar cada exportação em seu próprio arquivo permite movê-la rapidamente quando necessário. Quando sua função auxiliar é necessária em uma parte diferente do aplicativo, você pode simplesmente criar um diretório, dessa maneira, tornando-o acessível para outras partes de seu código.

Transformar coisas complicadas em óbvias

Nomeie cada variável, cada função, cada arquivo. Você perderá pouco tempo fazendo isso, mas economizará um tempo infinitamente maior no futuro. Pense no futuro e não tenha medo de nomes longos.

Em algum momento no futuro você, ou alguém da sua equipe passará uma grande quantidade de tempo tentando descobrir o que está acontecendo no código. Concentre-se em simplificar as coisas, sem necessidade de documentação ou comentários.

Leia também: “Armas secretas para aumentar seu foco”.

Frameworks estarão lá para ajudar

Invista um tempo para pensar em alguma estrutura que irá te auxiliar nos seus projetos de JavaScript. Separamos algumas bibliotecas e frameworks que podem ser úteis para você:

  • React: quando você precisar de controle total sobre a arquitetura e a construção. O desenvolvimento do ambiente React leva tempo e requer muito planejamento. React ajuda bastante, mas apenas se você souber o que está fazendo.
  • Angular: quando você precisa de um aplicativo web feito rápido e confiável. Essa estrutura faz muito por você. Além do Angular, outros frameworks realizam funções semelhantes, por exemplo: VueJS e Ember.
  • jQuery: quando você precisa de uma página da web feita rapidamente. Ele pode reduzir significativamente o tempo de desenvolvimento, mas exige cuidado. Você também pode utilizar, para as mesmas finalidades, a estrutura Lodash.

Use o controle de versão

Não importa se é um protótipo, aplicativo web ou um pequeno projeto. Use Git ou outro controle de versão, desde o momento que você escreve a primeira linha de código.

O controle de versão permite que você viaje no tempo, salve coisas quebradas, veja mudanças introduzidas no passado. O controle permitirá que você volte o caminho e concerte um possível bug que tenha aparecido.

Feedbacks e tendências

No final, ouça e aprenda com a comunidade. Não há nada melhor que ter opinião de alguém de fora. Divulgue seus projetos de JavaScript e colhe feedbacks, caso algum faça sentido, é hora de pivotar.

Fique por dentro das tendências, pois o mundo da programação está em constante evolução. Atenha-se às suas escolhas para preservar a capacidade de manutenção e ajuste quando necessário, mas somente quando necessário.

Espero que tenham gostado das dicas. Utilize o espaço dos comentários para compartilhar experiências, conhecimentos e feedbacks.

 

PROGRAMATHOR

 


Consiga um emprego!

Está buscando novas oportunidades como desenvolvedor?  Acesse a ProgramaThor, uma startup focada no recrutamento de desenvolvedores. Para se candidatar às vagas para programador e receber notificações em casos de matching, basta de cadastrar e completar seu perfil corretamente.

VAGAS PARA PROGRAMADORES

 

Esse artigo é inspirado no texto da Noteworthy

Compartilhar

Sobre o autor

Guilherme Luis
Guilherme Luis
Estudante de Administração de empresas, transformo ideias em palavras. Fascinado por marketing e criações.