O Node.js é uma das ferramentas mais utilizadas no mercado mundial atualmente. Com a crescente troca de dados em tempo real de diversos dispositivos, a utilização do Node.js para desenvolvimento de aplicativos está cada vez mais evidente.

Neste artigo, vamos falar um pouco sobre essa ferramenta, sua usabilidade e aprofundar qual a situação do mercado. Aproveite!

Quem possui o conhecimento na plataforma, consegue as melhores oportunidades, com boas remunerações e ótimas estruturas de trabalho.

O que é Node.js

O Node.js tem como definição ser uma plataforma de execução voltado ao Javascript, que é orientado a eventos, assíncrono e de código aberto. Ele é muito utilizado devido a facilidade na construção de aplicações de rede rápidas e escaláveis.

Os desenvolvedores que utilizam a tecnologia conseguem escrever os scripts ao lado dos servidores, o que garante maior agilidade e sucesso das aplicações.

O modelo de I/O é direcionado a eventos não bloqueantes. Tornando o Node.js muito rápido, leve e eficiente, garantindo um ótimo desempenho em aplicações que exigem uma troca de grande volume de dados em tempo real.

No Node.js apenas uma thread é responsável em operar todas as requisições da aplicação e é conhecida como Event Loop. Em constante execução, o Event Loop trata cada requisição como um evento, gerando novos eventos sempre que o sistema receber uma nova requisição.

A tecnologia foi primeiramente apresentada ao grande público pelo inglês Ryan Dahl, na JsConf 2009 da Europa. Devido a lógica da plataforma em tratar as requisições como eventos, tarefas difíceis se tornaram muito mais simples.

O projeto foi considerado revolucionário na época e desde então o projeto de Dahl ganha cada vez mais adeptos, que o aprimoram cada vez mais.

Vantagens do Node.js

Flexibilidade

O Node.js traz em sua arquitetura uma flexibilidade exemplar. O NPM (Node Package Manager) é o gerenciador de pacotes da plataforma. Além disso, o NPM é também o maior repositório de softwares do mundo. Essas duas características possibilitam que o Node.js possa ser utilizado nas mais diversas situações.

Leia também: “Salário de programador: mercado de desenvolvimento”

Leia também: “Top 6 dicas para entrar no mercado de TI”

Leveza

Ao utilizar o Node.js o desenvolvedor consegue fazer uma aplicação de forma mais rápida e simples, sem consumir muitos recursos se comparado a outras tecnologias mais tradicionais e antigas que estão presentes no mercado.

O ganho de velocidade de deploy pode ser obtido com a utilização da ferramenta Docker e em ambientes escaláveis, torna a execução de um projeto mais eficiente, necessitando de menos recursos financeiros para a conclusão.

Comunidade ativa

A comunidade do Node.js é muito forte e participativa. Espalhadas no mundo inteiro, elas trabalham incansavelmente para difundir mais a tecnologia, divulgando tutoriais, dicas e palestras sobre a ferramenta. Além disso, a comunidade também atua na manutenção dos mais de setenta mil módulos disponíveis do NPM.

Porque aprender Node.js

Como apresentamos até agora, o Node.js é uma das plataformas com maior expansão nos últimos anos. Com uma simplicidade absurda e uma das maiores bibliotecas de softwares do mundo, essa plataforma promete ser mais forte ainda nos próximos anos.

O Node.js também é muito útil quando usado para a produtividade de equipe. Com suas características de ser uma plataforma leve e de fácil utilização, ele permite a maior integração entre os setores. Principalmente pelo Javascript ser utilizado tanto na programação Front-end como Back-end.

Leia também: “Go: a linguagem de servidor do futuro”

Leia também: “8 ferramentas para melhorar seu fluxo de trabalho”

Onde o Node.js é usado

O Node.js surgiu para fornecer uma maneira fácil de construção de programas de redes escaláveis. Até seu surgimento, os servidores possuíam um gargalo na quantidade de usuários que poderiam estar conectados, devido o modo como as linguagens entendiam esses acessos.

A tecnologia trata essas conexões de uma forma diferenciada, permitindo muito mais acessos simultâneos sem que haja um grande investimento na memória do servidor.

Com isso, a aplicação dele pode ser feita nas seguintes situações:

  • Aplicações em tempo real: um exemplo desse tipo de aplicação é um chat. Exige pouco processamento, mas um grande número de usuários conectados;
  • Mocks e protótipos: Devido a sua grande biblioteca de softwares, o Node.js tem a capacidade de criar mocks, protótipos de APIs e serviços de backend com grande agilidade. Podendo simular as comunicações com um serviço externo;
  • Ambientes escaláveis: a plataforma foi desenvolvida visando esse tipo de ambiente. Com a evolução da tecnologia, cada vez mais há o suporte para um número maior de conexões concorrentes e simultâneas.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho do desenvolvedor Node.js está em franca expansão. Desde o seu surgimento, o interesse por profissionais dessa área é recorrente. Isso ocorre devido ao que a plataforma oferece e pode economizar tratando-se de recursos.

Existem diversas vagas para desenvolvedores Node.js. Aqui na ProgramaThor centenas de empresas buscam profissionais capacitados para o desenvolvimento de atividades ligadas ao desenvolvimento.

 

PROGRAMATHOR

 


Consiga um emprego!

Está buscando novas oportunidades como desenvolvedor?  Acesse a ProgramaThor, uma startup focada no recrutamento de desenvolvedores. Para se candidatar às vagas para programador e receber notificações em casos de matching, basta se cadastrar e completar seu perfil corretamente.

VAGAS PARA PROGRAMADORES

 

O artigo foi escrito por Hugo Iwaasa. Saiba mais do autor em seu LinkedIn.

Compartilhar

Sobre o autor

Guilherme Luis
Guilherme Luis
Estudante de Administração de empresas, transformo ideias em palavras. Fascinado por marketing e criações.