Na medida em que a tecnologia avança a passos largos, muito se ouve falar em hacker e ataques cibernéticos. Mas ao contrário do que muitos pensam, o hacker nem sempre é um vilão: você sabia que existe o hacker do bem? Pois é! E ele pode ser muito útil na hora de contribuir com as inovações tecnológicas e na proposta de soluções para problemas de segurança do dia a dia da área de TI. Leia esse conteúdo e saiba mais!

Afinal, o que é um hacker?

Vale ressaltar que qualquer pessoa intensamente dedicada a alguma área ou tecnologia específica relacionada a TI, pode ser considerada um hacker. Isso porque essa pessoa tende a descobrir utilidades e caminhos além dos previstos, como é o caso dos hackers que encontram meios de burlar sistemas, desvendando suas fragilidades; independentemente do fato de desenvolver sistemas ou não e do perfil do desenvolvedor. Dessa forma, podemos resumir o hacker como alguém que possua conhecimento avançado em áreas específicas da tecnologia e, inclusive, áreas que tendem a ser mais complexas.

Qual o papel do hacker do bem?

Também conhecido como hacker ético ou white had (em inglês), o hacker do bem é um conceito que surgiu para definir os profissionais e estudantes de TI dedicados e com conhecimento avançado em determinadas áreas, e que fazem uso desse conhecimento para finalidades positivas. Há inclusive, instituições de ensino que oferecem cursos específicos de especialização para formar hackers do bem.

Em resumo, o hacker do bem é o profissional ou estudante de TI que usa os seus conhecimentos técnicos e habilidades para acessar um sistema, servidor, aplicativo ou banco de dados, com autorização. A finalidade disso é realizar análises e até mesmo ataques controlados em busca de brechas de segurança. Com a identificação dessas falhas, é possível corrigir vulnerabilidades para otimizar o sistema e aprimorar a sua segurança. Isso previne ataques de hackers mal intencionados, dando credibilidade ao sistema.

Vagas para Desenvolvedores

Como o hacker do bem atua?

Devido a capacidade do hacker do bem para analisar e identificar falhas em sistemas, aplicativos, redes, servidores, etc.; ele é um importante aliado para fortalecer as proteções tecnológicas e prever os cenários de problemas de segurança em potencial. Confira alguns exemplos de atuação do hacker do bem e se você quiser aprender um pouco mais sobre programação para entender esse conceitos, não deixe de ler alguns livros específicos para programadores:

  • Realização de testes de invasão: consiste em forçar deliberadamente a segurança de um sistema ao tentar invadi-lo através de possíveis brechas, como portas na rede, firewalls, pontos de comunicação, etc.
  • Analise de falhas: ocorre através da exploração de falhas já conhecidas, a fim de levantar o nível da fragilidade do sistema, buscando elos fracos, vulnerabilidades conhecidas, problemas de compliance, problemas com a atualização do sistema, atualizações de recursos de segurança, etc.
  • Sobrecarga de acessos (DoS): nesse caso o hacker do bem sobrecarrega a demanda de acessos, a fim de testar a estabilidade e a performance dos servidores da empresa.
  • Aplicação de engenharia social: a engenharia social ocorre quando um hacker consegue persuadir um usuário a ponto de fazer com que o mesmo conceda acesso ao sistema ou rede da empresa. Isso é possível através de e-mails falsos que pedem alterações de senha, phishing, malwares, etc.; ou até mesmo durante uma conversa na qual o hacker se faz passar por alguém que precisa de informações de acesso à rede ou a um sistema.
Site ProgramaThor

Você é ou gostaria de ser um hacker do bem?

Infelizmente o título de hacker não tem sido muito bem visto, devido a forte ligação com crimes virtuais. No entanto, se os profissionais de TI com esse perfil passarem a praticar ações benéficas utilizando seus vastos conhecimentos em tecnologia para o bem, certamente é possível reverter esse quadro.

Quem sabe um dia, um desses profissionais poderá até mesmo incluir em seu currículo o título de hacker do bem, e se destacar por isso? Vale a pena acreditar e estimular o lado positivo desse cenário! Aperfeiçoe os seus conhecimentos em TI e aposte em hackear para o bem!

O que você pensa sobre isso? Gostaria de ser um hacker do bem? Deixe aqui os seus comentários!

Consiga um emprego!

Está procurando por uma oportunidade de trabalho como desenvolvedor? Você pode encontrar seu próximo emprego aqui na ProgramaThor, uma plataforma focada em vagas para desenvolvedores. Basta se cadastrar e completar seu perfil para começar a se candidatar às vagas que mais combinam com você! Veja nossas vagas.

Compartilhar