Existem dois momentos em nossas vidas profissionais, que são especialmente situações muito difíceis. O primeiro é quando vamos começar a procurar nosso primeiro emprego e descobrimos que tem um longo caminho;  o segundo é quando já participamos de muitas entrevistas e não obtivemos retorno. Nesses momentos precisamos mais que nunca de algumas dicas para entrevista de emprego.

Você pode ler os títulos e achar que sabe de tudo que será apresentado, mas deixe o orgulho de lado e lembre que sempre tem como melhorar as suas performances nas entrevistas de emprego. O mais importante é realmente prestar atenção em cada uma das dicas e absorver seu real significado.

Depois de trabalhar muito tempo nesta área e assistir algumas entrevistas, descobri as seguintes coisas:

Seja você mesmo

entrevista de emprego

Para começar, uma das dicas mais clichês que você encontrará nos blogs de recrutamento, mas não deixa de ser a dica mais importante a ser aprendida.

O que ela significa:  não é necessário inventar experiências, habilidades, conhecimentos em tecnologias que nem o vale do silício domina. Você precisa mostrar que o seu real conhecimento fará com que aquela empresa melhore muito em alguns aspectos após te contratar.

Conte sobre os seus reais projetos e experiências, mesmo que não se trate de profissão ou faculdade. O mais importante é provar que você pode agregar muito para aquela empresa.

Não se engane: você pode estar pensando que já tem mostrado o seu verdadeiro potencial sem exageros e meias verdades, mas mesmo assim não tem passado nas entrevista.

Se você realmente está sendo sincero e não foi recrutado, apenas mostra que o seu perfil não era compatível com o da empresa e que eventualmente, a convivência não seria duradoura, mesmo você sendo um ótimo profissional. Cada empresa possui sua cultura.

Na pior das hipóteses, ainda faltam muitas habilidades para você se enquadrar nas vagas em geral. Neste caso, a responsabilidades será sua em correr atrás das lacunas.

Peça por ajuda

Muitas pessoas sentem medo quando querem fazer uma pergunta, e isso prejudica a longo prazo. Não há nada para se assustar, e nenhuma pessoa sensata deve lhe dar sentimentos negativos por apenas fazer uma pergunta.

Pense por um outro lado: se alguém chegasse até você com alguma dúvida relacionada à Python, JavaScript ou qualquer outra coisa, você ficaria incomodado? Se não, pode ter certeza que quase ninguém irá ficar.

Já se você pensa que ficaria incomodado com uma pergunta, procure rever os seus conceitos.

Procure por amigos e familiares da mesma área tente extrair o máximo de conhecimento sobre processos de recrutamento e sobre as próprias tecnologias que serão requisitadas. Você descobrirá uma série de fatores importantíssimos.

Nunca pare de aprender

Deve ficar claro que em 2018, e especialmente na tecnologia, a única constante é a mudança. Novas ferramentas, tecnologias e mais são lançadas diariamente, enquanto outras desaparecem em desuso. Pensar que você terminou de aprender é um suicídio de carreira, então, por favor, continue aprendendo.

Isso não significa que você deve atirar para todos os lados, mas sim ficar de olho nas tecnologias que estão aparecendo com mais força nas grandes empresas e buscar sempre melhorar naquilo que você já é um especialista.

Por exemplo: se você tem JavaScript como sua principal skill e utiliza em grande quantidade no seus projetos, é preciso ficar sempre de olho em novos frameworks e recursos que surgem para não ficar para trás. Fique sempre atento à blogs e redes sociais e não perca nem um dia se quer.

Ensine o que você sabe

Além de aprender, você deveria estar ensinando. Um papel importante, por exemplo, engenheiros seniores, é fazer mais engenheiros seniores. Eles fazem isso ensinando, usando sua experiência para ajudar a orientar seus colegas menos experientes.

Isso tanto irá te ajudar a firmar na sua cabeça aquele conhecimento que você já possui, quanto te ajudará a crescer como líder e mentor, caso você queira crescer na hierarquia profissional.

Aceite críticas

A questão aqui é simples: se você não aceitar as críticas que receber ao longo dos seus projetos, trabalhos em equipe, relacionamentos profissionais, entrevistas de emprego e etc, você nunca irá entender de fato o que está bloqueando a sua passagem para o emprego dos sonhos.

Corra atrás de feedbacks, pergunte aos seus colegas e sempre fique atento as reações vindas dos seus clientes, pois essas são as principais chaves para o  seu aprimoramento.

Se disserem que você não é comunicativo, se esforce e procure vender ao máximo o seu peixe; se apontarem alguma falha técnica, treine e corrija para que na próxima não aconteça outra vez.

Alcançar seus objetivos vai depender totalmente de você!


Essas dicas não irão te colocar dentro de um empresa de um dia para o outro, mas com certeza, se trabalhadas da melhor forma possível, tornarão o seu caminho mais curto e simples. Se esforce e faça com que o seu trabalho seja desejado pelas empresas.

Se você é um programador e está buscando novas oportunidades profissionais, acesse a ProgramaThor, uma stratup focada no recrutamento de desenvolvedores. Para se candidatar às vagas e receber notificações em casos de matching, basta de cadastrar e completar seu perfil corretamente.

VAGAS PARA PROGRAMADORES

Compartilhar