Quem trabalha com recrutamento e seleção sabe o quanto pode ser desafiador encontrar e contratar perfis totalmente alinhados com as vagas em aberto. Então, para ajudar nessa dificuldade, surgiu o recrutamento e seleção por competências, que visa eliminar as subjetividades que podem surgir durante os processos de seleção, garantindo que as pessoas certas sejam contratadas (o que ajuda, inclusive, a diminuir o turnover).

Continue nesse conteúdo e entenda mais sobre o recrutamento e seleção por competências.

O que é recrutamento e seleção por competências?

A grande diferença entre o processo de recrutamento e seleção por competências e o método tradicional de recrutamento e seleção, é que nesse modelo, após o processo de recrutamento, há uma análise de todos os candidatos selecionados, priorizando aqueles que estão, de fato, alinhados com todos os pré-requisitos da vaga, incluindo soft skill e hard skills importantes para a vaga.

Vale ressaltar aqui que, quando se fala em competências, basicamente se refere ao termo CHA, que está relacionado ao conjunto de Conhecimentos, Habilidades e Atitudes; a serem identificadas e mapeadas no candidato. Quando esses pontos estão diretamente alinhados aos objetivos da vaga e, também, da empresa, o candidato tende a apresentar um desempenho maior.

O recrutamento e seleção por competências é utilizado hoje por diversas empresas, desde as pequenas até as grandes organizações. Esse processo tem como principal objetivo evidenciar comportamentos recorrentes nos candidatos, como por exemplo, a expectativa de crescimento na carreira, pontos relevantes nos relacionamentos interpessoais, postura para lidar com situações de estresse, entre outros fatores importantes no recrutamento e seleção.

Em resumo, pontos relevantes que envolvem as competências e perfil do profissional, são avaliados durante o recrutamento e seleção por competências, de forma a otimizar o processo de modo geral e garantir um resultado mais assertivo na contratação.

Por que adotar o recrutamento e seleção por competências?

De fato, o recrutamento e seleção por competências é uma forte tendência no mercado, principalmente por conta dos avanços tecnológicos que têm impactado esses processos. Um bom exemplo disso é o uso de inteligência artificial durante o recrutamento e seleção.

Diante desse novo cenário, recrutar e contratar candidatos acaba sendo muito mais rápido do que era antigamente. E apesar dessa agilidade ser significativamente vantajosa quando se trata de ter mais gente trabalhando em prol do progresso do negócio da empresa; infelizmente ela pode também acabar atrapalhando na hora de identificar os perfis exatos para a necessidade das vagas.

Recrutar por competência, acaba então sendo um procedimento adicional que veio para agregar mais qualidade nas entregas das inovações tecnológicas utilizadas no dia a dia do RH.

Como funciona?

O recrutamento e seleção por competências é feito baseado no CHA, sendo que esses pontos são analisados em contextos reais e mensuráveis. Qualquer subjetividade é sempre deixada de lado e as decisões são baseadas em fatos. Ela acontece normalmente da seguinte forma:

  • Perfil: o perfil básico do candidato precisa atender a necessidade da vaga em aberto. Esse perfil pode ser o do Linkedin, por exemplo, pois, se trata aqui da “primeira impressão” do perfil do candidato;
  • Currículo: após a aprovação do perfil, todos os documentos são solicitado e analisados com total atenção e imparcialidade. Deve sempre focar nas necessidades da vaga x competências do candidato;
  • Dinâmica: se houver, deve ser realizada individualmente e, também, em grupo; a fim de avaliar as habilidades sociais do candidato;
  • Testes: tanto psicológicos quanto técnicos, devem ser aplicados para demonstrar as respostas do candidato à determinadas situações, considerando o cargo em questão e o perfil da empresa;
  • Entrevistas: somente após aprovação nas demais etapas, o candidato realiza entrevistas, tanto com o RH quanto com o gestor da área. Vale reforçar aqui que toda subjetividade deve ser deixada de lado. Qualquer tratativa baseada na intuição do recrutador ou na percepção do gestor, não deve ser considerada.

Você está pronto para realizar o recrutamento e seleção por competências?

Para todas as empresas, o processo de recrutamento e seleção só é, de fato, eficiente, quando ele resulta na contratação de colaboradores que realmente agregarão valor ao negócio e que se sentirá feliz e motivado em seu novo desafio.

Por isso, vale a pena conhecer mais sobre dicas para otimizar os processos de recrutamento e seleção, como por exemplo, ler livros relacionados ao tema

Caso você tenha dúvidas, sugestões ou comentários sobre o tema, não deixe de escrever aqui!

Recrutamento e seleção por competências

Recrute um desenvolvedor!

Está procurando um desenvolvedor para sua empresa? A ProgramaThor é o melhor lugar para encontrar este profissional. Nossa plataforma é totalmente focada em desenvolvedores. Para se candidatar, exigimos que os desenvolvedores sejam compatíveis à sua vaga.

Ainda não testou? Cadastre-se e ganhe 30 dias para testar a plataforma e divulgar até 5 vagas sem custo.

Compartilhar