Pode ser que você não dê tanta atenção para as fontes que usa no seu editor de texto quando está programando. Ou mesmo que as fontes padrão, normalmente monoespaçadas (monospaced), são suficientes para realizar o trabalho do dia a dia e se acostumou com elas.

Essas fontes são boas, mas será que são as melhores para você produzir e ler código? Existem centenas de opções e não necessariamente uma perfeita para todos. É algo que cada um tem que testar e ver qual se dá melhor. Contudo, nesse artigo vou listar algumas das minhas fontes preferidas gratuitas para programadores como eu e você usarem nos nossos editores de texto ou IDEs.

Antes de começar acho interessante comentar o que é em geral devemos buscar ao escolher uma fonte monoespaçada para programar. Em primeiro lugar ela precisa ser limpa e muito fácil de ler. Em seguida podemos também observar se ela é espaçada proporcionalmente e, naturalmente, deve conter um conjunto de caracteres que compreenda não só nossa língua portuguesa como também todos os símbolos que usamos na hora de programar. Uma dica especial é também observar se é fácil de distinguir os caracteres ‘1’, ‘i’, ‘l’ e também o ‘o’, ‘O’, ‘0’.

Algo que eu gosto de observar também é se a fonte tem ligaturas que ajudam na distinção de alguns tipos de partes do código. Um exemplo interessante é no HTML quando adicionamos parâmetros a uma Tag. Os nomes “class”, “href” ou “src” quando possuem um estilo diferente podem ajudar bastante na leitura do código.

Sem mais delongas então seguem as melhores fontes gratuitas para programadores.

Fonte Inconsolata

Essa fonte gratuita é bastante simples e objetiva, mas contém tudo aquilo que mencionamos acima e foi criada pensando exatamente em ajudar programadores nas suas tarefas do dia a dia.

inconsolata

Hermit Font

O próprio website dessa fonte foi criado com a fonte gratuita Hermit e a descreve como limpa, pragmática e muito simples de se ler. Naturalmente ela é uma fonte monoespaçada e o que me chama a atenção nela é a consistência de design entre os caractéres.

hermit

Fonte Fira Mono da Mozilla

A Fira foi criada pela empresa Mozilla – sim, do navegador. Ela tem um estilo bem diferente das duas acima e se aproxima até mais com uma fonte gratuita de design. Um diferencial grande também que ela possui é ter muitos pesos e também toda uma gama de opções caso queira misturar com sua irmã, a fonte Fira Sans. Se você gosta de ligaturas, existe uma variação também dessa fonte chamada Fira Code.

Ubunto Mono

Aproveitando fontes de empresas famosas, a Ubunto Mono leva o nome da distribuição de Linux e é uma das preferidas de muitos programadores.

Fonte gratuita BPmono

Algo que me chama bastante atenção nessa fonte são os símbolos que usamos amplamente na hora de programar. São bonitos e também seguem um estilo menos rígido como as fontes anteriores. Parece que no texto corrido ela traz uma leveza interessante.

Fonte do OSX Monaco

Essa é uma fonte que para que utiliza Mac é bem conhecida, mas não tanto para os usuários do Windows. A fonte Monaco, sendo um tipo concebido e utilizado pela Apple, carrega uma confiança grande em sua efetividade. Para programadores ela em especial traz uma diferenciação grande entre os caracteres que costumamos confundir como mencionado no início do artigo.

Source Code Pro

Para finalizar, vamos com uma das que mais gosto. A fonte gratuita Source Code Pro foi criada pela Adobe e o seu repositório do Github possui instruções detalhadas de como instalar em qualquer ambiente de desenvolvimento.

Fonte bônus: Operator

Apesar dessa fonte não ser gratuita – muito cara inclusive por US$ 200 – achei interessante mencionar pela complexidade que fontes para editores de texto e IDEs podem ter. Não só essa fonte possui uma infinidade de pesos e línguas, como também tem suporte para cursiva e outras ligaturas ao ser incorporada no editor de texto. O resultado é um tanto quanto interessante.

No final das contas o que sempre conta é o resultado do trabalho que realizamos. As fontes não vão mudar a qualidade do trabalho, mas podem ajudar na velocidade e também na resiliência que temos ao programar. Quando estou programando com uma fonte que me agrada, parece até que o trabalho fica mais simples. Sempre estranho quando entro em um outro computador para escrever um código e não posso alterar a fonte para algo que seja mais claro, bonito e, principalmente, fácil de ler. Afinal, a maior parte do processo de escrever código é ler código.

Qual fonte você usa para escrever o seu código? Deixa nos comentários abaixo.

Divirta-se!

 

Compartilhar