Se você espera recrutar os melhores candidatos, é preciso começar divulgando bem a vaga oferecida. E esse “divulgado bem” depende (e muito!) da maneira como a vaga é descrita e exposta aos candidatos. 

Afinal, os candidatos sentirão mais confiança e credibilidade na empresa ao contar com uma vaga bem detalhada e que demonstre exatamente o que é preciso conhecer, fazer, possuir – para quem deseja fazer parte do time. 

Sem contar, que as chances de reter somente candidatos que, de fato, tenham perfil aderente à vaga, aumentam consideravelmente quando a vaga está bem descrita. Então, acompanhe o conteúdo e confira dicas incríveis para criar uma descrição de vaga, perfeita! Não deixe também de conferir o nosso artigo sobre leituras indicadas para quem faz recrutamento e seleção.

Dicas para criar descrição de vagas corretamente

Listamos aqui dicas fundamentais para te ajudar a atrair os melhores candidatos! Veja:

  1. Entenda bem a necessidade da vaga

Antes de mais nada, é importante entender bem qual a necessidade da vaga. Somente assim é possível elaborar uma descrição objetiva e fiel ao perfil que você precisa buscar. Então, converse tanto quanto necessário com o solicitante da vaga e com o time, de modo a entender todos os pré-requisitos e perfil. Além do que, se necessário, procure conhecer bem a área referente a vaga, como um todo.

  1. Encante o candidato

Descreva a vaga de modo que ao ler o conteúdo, o candidato se sinta entusiasmado e o interesse dele em fazer parte da empresa seja totalmente despertado. Isso é possível utilizando uma linguagem clara e objetiva, que apresente a empresa de forma empolgante e honesta.

Liste os valores da empresa de maneira interessante e que desperte a identificação do candidato com a marca. Um exemplo é: ao invés de colocar somente: “valorizamos o empenho dos nossos funcionários” procure ser mais concreto colocando que “somos uma empresa de meritocracia, na qual todo mundo que se empenha é reconhecido com bonificações e recompensas” (se esse for o caso da empresa, claro!).

  1. Capriche no título

O título é o carro-chefe da vaga. Por isso, capriche! Ele deve trazer a realidade da vaga, sem uso de termos confusos ou que não correspondam, de fato, ao papel que o candidato exercerá. Portanto, ao invés de usar o termo “Analista III” ou “Líder de Equipe”, seja objetivo e coloque “Analista Senior”.

  1. Capriche no conteúdo descritivo

Assim como o título, o conteúdo precisa ser interessante. Mas, isso não significa que tem que ser longo e cansativo de ler. Por isso, escreva em tópicos (o que facilita a leitura) e pontue somente as informações relevantes e necessárias para informar sobre a vaga e atrair o candidato.

  1. Utilize formulários simples, intuitivos e objetivos

Muitos candidatos acabam desistindo de se candidatar quando a vaga solicita o preenchimento de algum formulário cansativo de preencher ou que seja confuso. Por isso, evite esse tipo de cilada e torne o momento da candidatura o mais fácil e interessante possível. Deixe para obter detalhes sobre o perfil do candidato no momento da entrevista.

Informações essenciais na descrição de vagas

Agora que você já viu algumas dicas importantes para não falhar na hora de lançar uma vaga no mercado, confira agora quais informações não podem faltar na sua descrição de vaga:

  • Título da vaga;
  • Introdução sobre a empresa incluindo missão, valores, aspectos culturais, etc. Você pode incluir brevemente até mesmo a história da empresa (brevemente!);
  • Descrição detalhada sobre a vaga, incluindo um panorama sobre  o dia a dia da função;
  • Pré requisitos da vaga – técnicos (ou Hard Skills), experiência profissional, formação acadêmica, certificações, conhecimento em línguas estrangeiras, etc.;
  • Soft Skills necessárias;
  • Localização da empresa e regime de trabalho – presencial, remoto ou misto (não esqueça que em tempos de pandemia, muitas empresas têm adotado o home office);
  • Benefícios oferecidos pela empresa, como: seguro saúde, transporte, vale refeição, etc.;
  • Remuneração oferecida (embora não seja comum, você pode informar o salário já na descrição da vaga);
  • Programas de bonificação, remuneração variável e/ou PLR: não deixe de enfatizar essa informação, pois, é algo que costuma atrair muitos candidatos;
  • Inclua pontos extras quando necessário, como conhecimentos e experiências específicas que sejam diferenciais e não obrigatórios.

Capriche nas suas descrições de vagas!

Outra dica importante, é não deixar de pesquisar exemplos de descritivos de vagas, na internet. Pode ser que você encontre modelos que atendam exatamente o que você precisa, facilitando o seu trabalho. Já deu uma olhada, por exemplo, nas descrições das vagas da plataforma ProgramaThor? Não deixe de conferir!

E então, pronto para recrutar os melhores candidatos com essas dicas que trouxemos aqui para te ajudar a criar descrições de vagas perfeitas? Caso você possua outras dicas de informações que julga importantes para incluir na descrição de vagas, escreva nos comentários! Confira também o nosso artigo sobre tendências de RH para 2021!

Recrute um desenvolvedor!

Está procurando um desenvolvedor para sua empresa? A ProgramaThor é o melhor lugar para encontrar este profissional. Nossa plataforma é totalmente focada em desenvolvedores. Para se candidatar, exigimos que os desenvolvedores sejam compatíveis à sua vaga.

Ainda não testou? Cadastre-se e ganhe 30 dias para testar a plataforma e divulgar até 5 vagas sem custo

Compartilhar