Provavelmente você já tenha ouvido falar em Design Thinking: uma metodologia inovadora que tem apoiado muitas empresas a solucionar seus problemas e otimizar seus processos, produtos e serviços! Tudo isso de maneira criativa, assertiva, prática e ágil! Saiba mais sobre e lance mão dessa inovação em seu dia a dia.

Entenda o que é Design Thinking

Em resumo, o Design Thinking é uma metodologia criada para apoiar o desenvolvimento de produtos, serviços ou processos; visando a resolução de problemas. O método consiste em estimular as pessoas envolvidas no projeto, a usar criatividade e empatia para desenvolver soluções. Entra também experimentos para “testar” as soluções, o que ajuda a garantir a qualidade da entrega e aderência a necessidade e solução do problema. 

Essas características dividem a metodologia do Design Thinking em 3 pilares que são Criatividade, Inspiração e Empatia:

  1. Inspiração: é importante levantar o máximo de informações pertinentes aos cenários e usuários em potencial do produto, serviço ou processo. Isso levará à inspiração necessária para promover a criatividade e a empatia.
  2. Empatia: esse pilar trata da importância de se colocar, de fato, no lugar do cliente a fim de entender a necessidade. Além disso, a empatia nesse caso também considera o envolvimento de toda a hierarquia da empresa, em busca de um propósito em comum.
  3. Criatividade: a criatividade é item primordial na aplicação da metodologia, pois, é a partir dela que as ideias surgem e podem ser aplicadas na solução. O que deve ser ressaltado aqui, é que toda ideia é bem-vinda e deve ser bem explorada.
As melhores oportunidades para desenvolvedores.

Passo a passo para aplicar a metodologia

Veja como proceder para começar a usa o Design Thinking para desenvolver ou aprimorar os seus produtos, serviços ou processos:

  1. Procure imergir no problema: aqui, você deve focar em entender ao máximo o cenário a ser explorado, de modo a levantar informações essenciais como forças, fraquezas e oportunidades. Nesse momento é que deve ser escrito o escopo do projeto e definidos os seus limites. 
  2. Organize as informações: a partir das informações geradas na imersão do problema, você deve organizar os dados, de modo a reconhecer padrões e traçar estratégias de atuação. Toda documentação que puder ser criada nesse momento, deve ser considerada.
  3. Proponham soluções: essa é a hora em que todos os envolvidos no processo devem expor suas ideias. Essa etapa do processo também é conhecida como ideação, justamente pelo fato de que é aqui em que as ideias começam a ser levantadas, a caminho da ação. 
  4. Crie um MVP: o MVP (Mínimo Produto Viável) é o carro-chefe do Design Thinking e é um dos objetivos finais da metodologia ágil (por isso o Design Thinking é muito utilizado essa metodologia). Isso porque o MVP trata da entrega da solução, de fato, sendo um item de melhoria contínua e que deve demonstrar valor em sua entrega; permitindo testes e aceitando os erros como oportunidades de melhoria. É como se o projeto previsse a criação de um meio de transporte como uma moto, por exemplo, e na primeira entrega o MVP começasse por um patinete, na segunda, um patinete motorizado, na terceira, uma bicicleta motorizada e assim por diante, até finalmente chegar à entrega da moto. Vemos nesse exemplo entregas de valor, com melhoria contínua.
  5. Conclua o projeto: após fazer todos os testes dom o MVP, você chegará na solução ideal do problema e então, poderá implementar a solução.

Pontos importantes que caracterizam o Design Thinking

Confira alguns pontos que se destacam na metodologia e ajudam a descrevê-la e entendê-la melhor:

  • A metodologia prevê o envolvimento de pessoas com diferentes skills e de diferentes áreas, no time do projeto. Isso propõe a multidisciplinaridade;
  • Os erros devem ser bem aceitos, pois, constituem oportunidades de melhoria;
  • A visão do usuário final do produto, serviço ou processo; é fundamental para sucesso da metodologia.

Aproveite essas dicas e aplique já o Design Thinking!

E então, o que achou do Design Thinking? Em resumo, podemos definir o Design Thinking como um processo de levantamento do problema, definição da solução e testes dessa solução; como você pode ver no decorrer do conteúdo!

Aproveite essas informações e dicas de passo a passo e comece já a usufruir dos benefícios dessa metodologia! Caso haja dúvidas, sugestões ou comentários sobre o conteúdo, não deixe de escrever aqui! Compartilhe também a sua opinião sobre o artigo e continue nos acompanhando para mais conteúdos relevantes como este!

Consiga um emprego!

Está procurando por uma oportunidade de trabalho como desenvolvedor? Você pode encontrar seu próximo emprego aqui na ProgramaThor, uma plataforma focada em vagas para desenvolvedores. Basta se cadastrar e completar seu perfil para começar a se candidatar às vagas que mais combinam com você! Veja nossas vagas.

Compartilhar