Certamente você já deve ter ouvido ou até mesmo lido sobre as inovações da indústria 4.0, não é mesmo? Para simplificar, trata-se de um conceito que consiste no desenvolvimento de fábricas inteligentes, ou seja, que atuam por meio de sistemas físicos e virtuais.

Dessa forma, é importante mencionar que a indústria 4.0 revolucionou o mercado corporativo e comercial. Atualmente, é possível observar diversas tecnologias que auxiliam nas etapas de planejamento, elaboração, execução e no alcance de resultados. 

Nesse sentido, a indústria 4.0 gerou uma série de ferramentas capazes de automatizar processos, eliminar a necessidade da mão de obra humana, aumentar a produtividade e o desempenho da equipe e construir fábricas mais competitivas e sustentáveis. 

Pensando nisso, preparamos este post com o intuito de mostrar a você, empreendedor, como a tecnologia pode ser útil na sua empresa. Nele, você verá 4 ferramentas que revolucionaram o ambiente de trabalho. Continue lendo!

1. Robôs autônomos

Os robôs são sistemas que vêm sendo desenvolvidos a partir de uma grande demanda social e empresarial. Afinal, eles estão se tornando mais autônomos, flexíveis, corporativos e, principalmente, produtivos. 

Com isso, vale destacar que os robôs executam as suas atividades em parceria aos profissionais humanos, aprendendo com eles e tornando os processos cada vez mais automatizados, ágeis e eficientes.

Além disso, os robôs contam com um ótimo custo-benefício e são capazes de realizar atividades em grande escala, como a produção de aquecedor de água elétrico. Assim, é possível reduzir custos, eliminar desperdícios e aumentar a produtividade.

2. Internet das coisas (IoT)

A indústria 4.0 trouxe uma tecnologia que mudou o ambiente de trabalho: a Internet das Coisas (IoT). Em geral, as ferramentas são aumentadas por sistemas de computadores integrados e capazes de conectar objetos do cotidiano com a internet. 

No ambiente de trabalho, a Internet das Coisas permite uma melhor comunicação interna e a interação entre dispositivos de produção, controle de acesso biométrico e planejamento. Isso também contribui com a coleta de dados e, por consequência, com a tomada de decisão. 

3. Big Data

É quase impossível falar sobre as tecnologias da indústria 4.0 sem mencionar o Big Data analytics. Afinal, as fábricas contam cada vez mais com um grande volume de dados que precisam ser registrados e avaliados, certo?

Inclusive, caso essas informações não forem filtradas, é comum observar erros de integração e da transformação digital. Por isso, é necessário integrar, classificar e avaliar esses dados de forma dinâmica e assertiva.  

Dessa forma, o Big Data analytics pode contribuir (e muito) com a coleta e a análise de dados de várias fontes, incluindo sistemas e ativos da produção, dados corporativos e sistemas administrativos, como placas de segurança

4. Simulação

Por fim, é importante destacar ainda uma tecnologia essencial no ambiente de trabalho: a simulação. Em resumo, este sistema permite que profissionais testem e otimizem as configurações de uma ferramenta de forma virtual e por processos 3D. 

Sendo assim, as simulações 3D permitem que os trabalhadores avaliem virtualmente máquinas, sistemas, entre outros dispositivos. 

Gostou do nosso post sobre as principais tecnologias da indústria 4.0? Então, compartilhe com os colegas e deixe o seu comentário!

Recrute um desenvolvedor!

Está procurando um desenvolvedor para sua empresa? A ProgramaThor é o melhor lugar para encontrar este profissional. Nossa plataforma é totalmente focada em desenvolvedores. Para se candidatar, exigimos que os desenvolvedores sejam compatíveis à sua vaga.

Ainda não testou? Cadastre-se e ganhe 30 dias para testar a plataforma e divulgar até 5 vagas sem custo.

Compartilhar