Que tal ligar a sua TV, ajustar a luz ambiente, preparar café, iniciar o ciclo da máquina de lavar ou até mesmo ligar o micro-ondas para aquecer a sua refeição – tudo isso a partir do seu smartphone? Muita comodidade e inovação, não é mesmo? Isso é internet das coisas! 

Porém, o conceito de internet das coisas vai muito além dessas simples comodidades. Afinal, trata-se de uma das inovações tecnológicas trazidas pela indústria 4.0 e que promete ser uma das tendências de TI em 2021. Quer saber mais? Continue a leitura! Principalmente se você for um programador em busca de uma vaga em 2021!

O que é internet das coisas?

A Internet das coisas (ou Internet of Things – IOT, do inglês) consiste em uma etapa importante

do processo evolutivo pelo qual estamos passando: a revolução tecnológica. Em resumo, essa inovação conecta dispositivos eletrônicos variados e de utilização comum no dia a dia como eletrodomésticos, eletro portáteis, maquinários de indústria, etc.; criando facilidades que aprimorem a utilidade desses dispositivos. 

Aparelhos munidos de sensores, circuitos eletrônicos e sistemas; se tornam capazes de coletar, processar e trocar dados. Assim, a internet das coisas proporciona uma interação mais eficiente, dinâmica e customizada com o ambiente em questão, nem sempre necessitando de interação humana. 

Isso porque muitos aparelhos reconhecem o ambiente ou reconhece outros aparelhos, sozinhos; além de já serem programados para tomar decisões sozinhos. Tudo isso tendo sido concebido principalmente graças a tecnologia wifi.

Sensores wifi, inteligência artificial e nanotecnologia; são recursos fundamentais, para que a interação entre os dispositivos eletrônicos aconteça. Por isso, quem deseja usufruir ou trabalhar com internet das coisas, precisa conhecer minimamente essas tecnologias.

Como funciona

A conectividade entre aparelhos pelo wifi, possibilita que eles se reconheçam através de rádio frequência, se conectem entre si e interajam, enviando e recebendo comandos e informações. A identificação dos eletrônicos é armazenada em uma base de dados garantindo o registro dos mesmos, o que possibilita a comunicação.

Então, assim que esses aparelhos se conectarem à internet e, consequentemente, ao banco de dados, o eletrônico será identificado e estará disponível para receber interações. 

A inteligência artificial, por sua vez, utiliza dados que ajudam a prever comportamentos através do machine learning (como é o caso dos sensores agrícolas que controlam a umidade do solo e acompanham a incidência de chuvas) e acionar mecanismos automaticamente (ativando irrigação artificial nas plantações, quando necessário, por exemplo). 

Nesse caso é importante conhecer os tipos de inteligência artificial para entender como funciona, pois, esse tipo de interação tende a ser feito com a inteligência artificial conexionista.

Exemplos do uso de internet das coisas

Pode ser que você já utilize essa inovação em seu dia a dia. Afinal, os eletrônicos têm sido lançados cada vez mais preparados para a interação remota. Alguns exemplos do uso de internet das coisas, são:

  • Enviar impressões do smartphone direto para a impressora,
  • Robôs de faxina que limpam o chão em horários pré programados,
  • Sensores agrícolas,
  • Controle da iluminação da casa pelo smartphone,
  • Assistentes virtuais como a Alexa da Amazon,
  • Navegar na internet utilizando a SmartTV
  • Fechaduras inteligentes,
  • Acessar câmeras de segurança pela internet,
  • Envio de dados de controle, monitoramento e assistência técnica; de automóveis conectados para a concessionária.

Você utiliza internet das coisas na sua casa ou empresa?

A conectividade dos aparelhos eletrônicos é uma tendência que veio para ficar. Afinal, o mercado observa que as próximas gerações vão esperar cada vez mais, usufruir de inovação tecnológica em seu cotidiano, tendo à sua disposição muita facilidade e comodidade.

Você concorda com essa percepção? Qual a sua opinião sobre o tema? Deixe os seus comentários aqui!

Recrute um desenvolvedor!

Está procurando um desenvolvedor para sua empresa? A ProgramaThor é o melhor lugar para encontrar este profissional. Nossa plataforma é totalmente focada em desenvolvedores. Para se candidatar, exigimos que os desenvolvedores sejam compatíveis à sua vaga.

Ainda não testou? Cadastre-se e ganhe 30 dias para testar a plataforma e divulgar até 5 vagas sem custo.

Compartilhar