Se você está aplicando ou pretende aplicar a governança de TI na sua empresa, saiba que os frameworks podem te ajudar muito nesse processo. Afinal, eles facilitam boa parte do trabalho através de estruturas para aplicação de processos, pré prontas. Continue essa leitura e saiba mais detalhes sobre frameworks para governança de TI.

Exemplos de frameworks utilizados na governança de TI

Veja aqui as sugestões de frameworks para uso na governança de TI, mais utilizados no mercado:

  • ITIL 4
  • COSO
  • COBIT 5
  • AGILE SCRUM
  • CLOUD COMPUTING
  • CMMI
  • GREEN IT
  • FAIR
  • MOF
  • ISO 27001 e 20000
  • LEAN IT
  • BISL
  • ASL

Vantagens do uso de frameworks na governança de TI

Dentre as principais vantagens do uso de frameworks, podemos citar:

  • Garantia de mais agilidade

Talvez a agilidade seja uma das principais características dos frameworks, pois, eles trazem a facilidade do uso de um modelo já comprovado por profissionais experientes. Dessa forma, há economia de tempo na hora de estruturar a governança de TI. Como dizem: “para que tentar recriar a roda?”. É muito mais fácil e seguro apostar nos caminhos que outras pessoas já testaram e comprovaram!

Frameworks utilizados na governança de TI
  • Facilidade na comunicação

O uso de framework possibilita uma linguagem comum entre todos os envolvidos nos processos. Isso facilita a comunicação e garante maior coerência nas informações. Quem usa ITIL, por exemplo, sabe diferenciar um incidente de um problema. 

Além disso, é certo que quando uma empresa baseia as suas atividades em processos bem definidos, toda a engrenagem funciona melhor, ajudando a diminuir riscos, prever possíveis impactos aos negócios, melhorar a qualidade das entregas e a confiança entre os elos; além de ajudar na diminuição de silos entre as áreas.

  • Mais segurança 

Não há dúvidas de que o framework ajuda a melhorar a segurança, a confiabilidade e, também, a integridade dos dados. Graças ao conjunto de regras, normas e regulamentos que dizem respeito aos dados dentro dos processos definidos na maioria dos frameworks, é possível (e indicado) inclusive, conciliar a governança de dados com a LGPD.

  • Apoio ao recrutamento e seleção

Ao implementar uma área nova na empresa, é quase certo que haverá  a necessidade de contratar novas pessoas com soft skills e hard skills específicos. O uso de um framework apoia os processos de recrutamento e seleção, devido ajudar a identificar os perfis necessários, bem como ser indicado que os recursos selecionados possuam algum conhecimento no framework adotado. Isso pode funcionar como um reforço para a aplicação e disseminação da cultura da governança de TI, dentro da empresa. 

  • Melhora na competitividade 

Utilizando um framework de processos, a empresa pode alcançar maior destaque no mercado. Isso porque processos bem definidos ajudam a suportar o core da empresa, bem como reduzir custos e otimizar o dia a dia das áreas. Outro fator é que até mesmo a infraestrutura da empresa tende a se desenvolver melhor quando há processos bem definidos e bem aplicados.

A governança de TI a favor do sucesso do seu negócio!

Utilize um ou algum desses frameworks na aplicação da governança de TI da sua empresa, e veja quão mais efetiva será a mesma. Não deixe de conferir também o nosso artigo sobre pré-requisitos para implantar a governança de TI.

Contribua aqui com outras dicas e sugestões sobre o tema! Se tiver dúvidas ou comentários, escreva aqui também!

Frameworks utilizados na governança de TI

Consiga um emprego!

Está procurando por uma oportunidade de trabalho como desenvolvedor? Você pode encontrar seu próximo emprego aqui na ProgramaThor, uma plataforma focada em vagas para desenvolvedores. Basta se cadastrar e completar seu perfil para começar a se candidatar às vagas que mais combinam com você! Veja nossas vagas.

Compartilhar