Blog ProgramaThor

A plataforma de recrutamento para programadores pensada por programadores.


Desenvolvedor sênior: como se tornar um

Se tem uma maneira para se tornar um desenvolvedor sênior realmente bom é cometendo erros, corrigindo erros, e compartilhando destes erros e repetindo o processo.

Todo tipo de problema em uma carreira se torna experiência e aprender dessas vivências é essencial para se tornar um desenvolvedor sênior de sucesso. Simples, certo?

Dito isto, se estiver no começo de sua carreira como um programador júnior, deve-se perguntar centenas de vezes o que é necessário para subir na hierarquia de sua profissão. É simplesmente uma questão de tempo? Ou é necessário de algum tipo de diploma complicado de se conseguir na área?

Algo a se lembrar é que os desenvolvedores sêniores, não só sabem escrever códigos sucintos e sólidos, mas também tem outras características que os fazem se destacar. Este desenvolvedor é uma pessoa que sabe trazer 10x mais valor a uma empresa. Sabem o que é certo e o que realmente agrega valor ao cliente.

É mais do que um título de trabalho. Faz parte da etiqueta do trabalho. Não é o que você faz, mas sim como você faz é o que irá te tornar em um desenvolvedor sênior melhor. E não tem outra maneira. Como dito anteriormente, o “sênior” não representa só experiência, mas também os milhares de erros que essa pessoa cometeu, que depois, se tornaram em aprendizado.

Aqui estão algumas qualidades que são primordiais daqueles que se destacam em comparação ao que ainda não estão no mesmo ponto:

São curiosos

Assim como Albert Einstein disse: ” Eu não tenho nenhum talento especial, só sou apaixonadamente curioso”. Há até quem diga que uma vez curiosa, a pessoa tem capacidade de captar informação e aprender mais rapidamente do que aquelas que não tem.

Bons desenvolvedores sêniores vão sempre um passo a frente. A partir de suas experiências, e da curiosidade, conseguem escapar de situações problema com maior facilidade.

Poucos problemas de programação são genuinamente novos e originais. Poucas empresas estão desenvolvendo algo técnico e específico o suficiente que não foi feito antes.

Essa é a maior razão do porque que a maioria das coisas que está fazendo, ja foi resolvida pela mesma linguagem que está usando. Bons desenvolvedores nunca aceitam as coisas como são. Se seu código funciona ou não, estão sempre tentando a achar as justificativas para todo tipo de situação que se encontram. E com isso, aprendem mais e por conseguinte, se desenvolvem profissionalmente.

Como ser um bom desenvolvedor sênior?
As melhores oportunidades no mercado de TI!

São mentores exepcionais

Em 2008, a Google fez um significativo trabalho sobre esta questão. Um projeto chamado Project Oxygen, ao longo de um ano, fez data-mining de performance, feedback de funcionários, nomeações de gerentes de alto cargo, e outras fonte para avaliar as diferenças dentre os gerentes de maior e de menor sucesso. As estatísticas passaram de 10.000 observações dentro de mais de 100 variáveis.

Dois importantes insights saíram deste estudo:

• A atividade mais importante para sucesso na gerência é ser um bom mentor. Gerentes excepcionais sabem como mentorar seus respectivos times.

•A de menor importância são habilidades técnicas. Isso prova que um ótimo desenvolvedor não se torna necessariamente um ótimo gerente.

Como resultado, a Google trocou as suas pesquisas de feedback dos seus gerentes de algo unicamente produtivo para algo relacionado á estas qualidades. Ao invés de simplesmente medir quanto, numericamente, um gerente consegue produzir, as pesquisas agora focam em, por exemplo, quanto tempo eles gastam em treinar o seu time, o quão clara é sua visão, e sua habilidade de conversão. A empresa também criou novos programa de treinamento de gerência, baseadas justamente nessas skills.

Dito isto, uma função chave para um desenvolvedor sênior é que deve saber como interagir de forma coesa tanto com clientes internos e externos, quanto stakeholders (público estratégico, que tem um possível valor a empresa).

Jargões técnicos não irão ajudar quando se conversa com alguém que não é da área de TI. É necessário uma certa maleabilidade de explicar algo tanto de forma técnica quanto á uma forma compreensível para um leigo na área. É necessário dividir conhecimento, experiências, e assim seguir em frente.

Desenvolvedor sênior não tem vergonha de dizer: “eu não sei”.

De acordo com Stephen J. Dubner e Steven D. Levitt, autores do bestseller Freakonomics, as três palavras mais dificeis de dizer não é “eu te amo” mas “eu não sei”.

  • Como irá lidar com este momento inevitável? Falou confiante por 20 minutos de acontecimentos marcantes, do brilho da sua carreira. Responde sim , sim e sim para cada questão, mas chega uma hora que você simplesmente não entende mais o que estão te falando.
Desenvolvedor sênior: como se tornar um

Para muitos, esse momento é estressante e problemático. Mas é perfeitamente ok de se dizer que não sabe. Pelo menos, é muito melhor do que disfarçar suas falhas . A questão chave é de como irá lidar com o fato de não saber algo – ou perguntando á alguém ou indo mais a fundo na questão.

Tudo gira em torno de como se responde a questão que irá te fazer sênior: Pode aprender, por exemplo, o contexto do por que estar fazendo essa pergunta e assim ajudar mais; Pode oferecer ajuda para tentar achar a resposta em conjunto; ou pode fazer uma pesquisa e assim que conseguir a resposta fazer um follow up.

Ser um desenvolvedor sênior não quer dizer que saiba de tudo. Significa que você é proativo e está apto a ajudar a realizar qualquer coisa.

Sentem o cheiro de um código ruim

Seymour Cray disse uma vez: O problema com programadores é que nunca se sabe o que o programador está fazendo até ser tarde demais.

E isso é o porque de bons desenvolvedores sêniores serem quase “alérgicos” á um código mal feito. Se parece com um código ruim e cheira como um, então provavelmente é que de fato, há algo problemático. Os desenvolvedores anteriores podem ter feito um erro, e você irá também. É assim que esse trabalho funciona.

Antes de melhorar algo, é necessário saber o que é para melhorar antes. É importante saber o que é ruim do que é bom. Estudar possíveis erros, melhorar sistemas já existentes e assim treinar a perspectiva do código dos outros é de suma importância.

Encontre as melhores vagas de desenvolvedor na ProgramaThor

Consiga um emprego!

Está buscando novas oportunidades como desenvolvedor? Acesse a ProgramaThor, uma startup focada no recrutamento de desenvolvedores. Para se candidatar às vagas para programador e receber notificações em casos de matching, basta se cadastrar e completar seu perfil corretamente.

VAGAS PARA PROGRAMADORES

Inspirado em texto do Medium.

Compartilhar

2 Comments

  1. Obrigada pelos posts estão ne ajudando muito. Ainda estou gatinhandio na programação. Estou no segundo semestre em ADS tenho um longo período a percorrer. Além da faculdade faço cursos paralelos de programação mais uma vez obrigada!

    • Obrigado pelo feedback, Regina. Ficamos muito felizes que esteja gostando dos artigos.

      Sinta-se a vontade de chamar a gente no chat se quiser tirar dúvidas sobre o mercado. Estaremos à disposição para ajudá-la 🙂

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*